Sobre Descendents,adolescência eterna e outras coisas

Descendents_MegaImage.jpg.600x375_q90

 

 

Esses dias eu estava “zapeando” os sites que gosto de ler,principalmente os de música em geral e parei em um que tinha uma resenha do novo disco dos Descendents,Hypercaffium Spazzinate.E logo me chamou a atenção,não somente porque por lá tinha a capa de disco com o icônico alter-ego do vocalista Milo Aukerman mas também porque era um lançamento dos Descendents,seminal banda do punk/HC,não só californiano,mas também americano e mundial,que influenciou e ainda influencia muita gente nesse terreno do “hardcore melódico”,e até mesmo do poppy-punk,vide o Blink-182.
E já fazia 12 anos(!)desde Cool to be You,o último disco.E pelas primeiras orelhadas que dei é um disco que,sem nenhum exagero,tem a pegada do clássico Everything Sucks,de 1996,grande disco da década e que ajudou a consolidar o poder da banda e da gravadora que o lançou,a Epitaph.O disco tem grande pegada hardcore e ótimas letras,como das sensacionais No Fat Burger,sobre consumo desenfreado de porcarias e Feel This,sobre o falecimento da mãe de Aukerman,escrita no dia de sua morte(!!).
O que é mais legal dos Descendents e de boas bandas de hardcore são os assuntos perenes,que vão desde a adolescência e passam pela vida adulta,sem pestanejar.Porque são coisas que invariavelmente acontecem comigo,contigo,com todos nós,ou seja,não falta assunto.Mesmo em discos medianos,esse assunto permanece e nos identificamos,e muito.E nem precisa ser um conhecedor das subdivisões do estilo para sabermos disso.
Eu as vezes fico pensando como é ser uma pessoa mais velha,que já passou por várias aventuras,desilusões,fantasias e outras coisas para enfim estar sereno.O problema é que essas questões que coloquei acima são imunes também,e elas permanecem o tempo todo.E para nós,apenas a certeza de que devemos aprender com isso,a conviver de fato.

Seja na escola,na rua,no trabalho,até no condomínio passamos sempre por essas indagações.Me lembro que quando morei num condomínio estavámos sempre com um som no talo na quadra e ouviamos o que fazia a cabeça,e era muito foda.Principalmente os sons dos anos 90,como os Descendents que cito,e era muito divertido.Então,essas coisas sempre se ligam de modo intrínseco.

Enfim,acho que cada um de nós pode fazer algo a respeito disso,e você?

Ouça Hypercaffium Spazzinate na íntegra:

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s