Wilco e a Preguiça.

wilco_07_ginareis

Hoje é sábado e como todos os sábados há sempre aquela sensação de preguiça que ficou me rodeando a semana inteira(assim como em todas as pessoas)e deságua no fim de semana.E sábado parece ser fundamental para essa percepção,não só porque é o próprio fim de semana e o primeiro dia de folga oficial mas porque parece ser um dia feito pra isso mesmo,imagino.
Deus criou o mundo em sete dias,segundo a Bíblia,e a piada mais recorrente diz que se ele tivesse começado no sábado ele nunca teria feito o mesmo.Enfim,parece que há algo muito estranho nos sábados,pelo menos para mim,porque raramente fico morto de cansado depois de uma semana intensa,então eu tenho energia de sobra pra fazer muita coisa,inclusive textos como esse.
Ai você me pergunta:e o que o Wilco,seminal banda alternativa americana,tem a ver com isso?E o respondo:a preguiça.Digo isso porque foi a sensação que tive,assim como de muita gente que ouviu o disco e sentiu a mesma coisa.Mas não uma preguiça no sentido de um serviço porco de uma banda que já fez clássicos como Summerteeth,e principalmente Yankee Hotel Foxtrot,e sim algo com muita leveza,com a característica de levar algo “na maciota” durante as doze músicas do disco,com muita tranquilidade,e versar sobre problemas de classe média americana(que parece ser o grande mote do álbum)de uma forma que você até se encanta.
Não se engane com a capa,a cargo do grande cartunista espanhol Joan Cornellá,esse não é um disco violento nem irônico com a vida.A não ser que essa ironia venha em músicas sobre as mesmas crianças de classe média em Normal American Kids,esse é um lançamento sobre a vida,mais precisamente sobre a vida do vocalista Jeff Tweedy.Muito influenciado provavelmente com o lançamento de Tweedy,banda e disco em conjunto com seu filho mais velho Spencer,que já tratava de assunto sérios com muita leveza e nenhuma pretensão.
É um disco para já iniciados na arte de fazer música do sexteto de Chicago(os curiosos podem começar com os discos já citados ou se quiserem algo mais cru podem procurar A.D,o primeirão de 1995)e deve ser ouvido da mesma forma que alguém acorda neste dia(o texto está sendo produzido num sábado,por sinal).É algo que desce que é uma beleza,tal qual uma cerveja geladíssima.
Esse lançamento com certeza não vai fazer com que a banda ganhe mais dinheiro,mas já fez com que o mundo da música que realmente importa ficasse agitado,e que todos celebrem,como alguns já fizeram quando em atos de promoção do disco,algumas lojas de discos americanas e europeias promoveram audições do disco em vinil(!).E isso vale muito.
Então,faça como nós fazemos nos fins de semana:escute o disco e se divirta,mas não antes de dar aquela espreguiçada…..

Escute Schmilco,o novo do Wilco na íntegra:

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s