Transmissor – De Lá Não Ando Só

Na vida existem certos momentos que são puramente inesquecíveis.Os primeiros beijos,as primeiras vezes,as primeiras decepções….Enfim,são coisas que lembramos mais porque nos aconteceu primeiramente na vida.
Comigo é a primeira vez que faço um texto como esse para a banda Transmissor.É realmente diferente você passar de mero ouvinte para um “crítico” mais consciente e resignado,preparado para alegrias e decepções.
O terceiro disco da banda mineira é recheado de detalhes,como os que as pessoas falam das primeiras vezes.Assim como nos dois primeiros discos,canções riquíssimas de instrumentos,além dos detalhes que fazem toda a diferença,como na faixa de abertura Queima o Sol.Retiro é uma das melhores faixas do ano.O Que Você Quer Ouvir surpreende com mais guitarras,algo novo no repertório.
Para quem conhece o repertório do grupo,tamanha qualidade não é segredo.Um misto de sonoridade beatle com Clube da Esquina escancarado.Esse talvez seja o segredo em questão,mas é algo que faz toda a diferença para o resultado final.Talvez seja a presença das guitarras,mais fortes do que nunca agora.Talvez seja a mão do produtor Carlos Eduardo Miranda (Raimundos,Skank) no trabalho como um todo.Talvez seja a maturidade batendo na janela da banda.Talvez seja tudo isso e mais um pouco.

Um dos melhores discos do ano,sem dúvida.

Transmissor – De Lá Não Ando Só

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Na vida existem certos momentos que são puramente inesquecíveis.Os primeiros beijos,as primeiras vezes,as primeiras decepções….Enfim,são coisas que lembramos mais porque nos aconteceu primeiramente na vida.
Comigo é a primeira vez que faço um texto como esse para a banda Transmissor.É realmente diferente você passar de mero ouvinte para um “crítico” mais consciente e resignado,preparado para alegrias e decepções.
O terceiro disco da banda mineira é recheado de detalhes,como os que as pessoas falam das primeiras vezes.Assim como nos dois primeiros discos,canções riquíssimas de instrumentos,além dos detalhes que fazem toda a diferença,como na faixa de abertura Queima o Sol.Retiro é uma das melhores faixas do ano.O Que Você Quer Ouvir surpreende com mais guitarras,algo novo no repertório.
Para quem conhece o repertório do grupo,tamanha qualidade não é segredo.Um misto de sonoridade beatle com Clube da Esquina escancarado.Esse talvez seja o segredo em questão,mas é algo que faz toda a diferença para o resultado final. Talvez sejam as guitarras que marcam presença forte nesse registro.Talvez seja a produção luxuosa de Carlos Eduardo Miranda(Raimundos) que tenha feito a diferença.A verdade é que a banda se supera mais uma vez,dessa vez.
Um dos melhores discos do ano,sem dúvida.

Transmissor – De Lá Não Ando Só (Ultra Music)

Preço em média: R$ 20 ou download no site http://www.transmissor.tv

Olhar de Cinema – Festival Internacional de Cinema de Curitiba

Image

Saudações,notivagos.

Este blog vai cobrir o Festival Internacional de Cinema de Curitiba,mais conhecido como Olhar de Cinema,que está ocorrendo entre os dias 28 de maio e 5 de junho,e vai contar com 95 filmes,com destaque para a mostra Olhar Introspectivo que cobrirá 11 dos 13 filmes do diretor britânico Stanley Kubrick.

Além disso,vão rolar entrevistas,analises de todos (ou quase todos,se me permitir) os filmes e toda a cobertura completa que este humilde blog tentará colocar.Enfim,espero que gostem.

Mãos a obra!

Clap Your Hands Say Yeah – As Always

Depois de três anos depois do ultrassintetizado Hysterical,o CYHSY está de volta.Com seu primeiro single do novo disco Only Run,chamado As Always.Canção climática cujo videoclipe mostra as peripecias de um homem solitário pelas ruas de Los Angeles,As Always é uma boa mostra do que vem por ai.

Only Run chega as lojas dia 3 de junho.

Titãs – Nheengatu

Estava num dia qualquer observando o facebook quando um amigo postou a seguinte imagem: uma foto da capa do novo disco dos Titãs,denominado Nheengatu,ou Lingua Geral,termo usado no Brasil Colônia para unificar os dialetos indígenas e traduzí-los para o português.Sendo assim,fiquei na duvida,pensando se valeria a pena ouvir o disco.Nem pensava na possibilidade de fazer uma resenha sobre ele.Fiquei desanimado com aquele lixo de disco chamado Sacos Plásticos,e resolvi passar a bola.
Mas ai começaram a surgir criticas e palavras positivas a respeito do disco,e comecei me animando.A começar pela cabeça,cuja coisa que me veio a cabeça foi Cabeça Dinossauro,e de fato tanto o discurso sonoro quanto o lírico batem muito em cima desse clássico,a começar por Fardado,parente direta de Polícia.”Você também é explorado,fardado”,brada a musica,com riff potentíssimo.
(fotos)
Fala,Renata,com outro riff potente e palavras contra “aquelas pessoas que falam demais”,inclusive com critica direta a João Luiz Woerdenbag Filho,ele mesmo,o Lobão também é outro momento interessante do disco,junto com Republica dos Bananas,um quase ska descendente direto de O Blesq Blom.
Mas o destaque mesmo é Pedofilia,provavelmente a musica mais forte que a banda já fez.Falando sobre a sedução de uma pessoa mais velha sobre outra menor de idade,é uma musica pertubadora,e interessante,pois é uma paulada só,com menos de dois minutos.
Ao contrário dos últimos lançamentos dos Titãs,não há baladas,somente patadas na ferida de uma sociedade cada vez mais combativa,mas ao mesmo tempo conservadora e paranoica.Esse parece um disco feito na época certa para um momento certo.

https://www.youtube.com/watch?v=DTqrfv8ybkA

 

Eu sinceramente não esperava por um disco dos Titãs a essa altura do campeonato.Gostei muito do disco Cabeça Dinossauro Ao Vivo,mas é material velho,conhecido,reconhecido.A não ser pela formação enxuta não parecia revelar nada.E de repente vejo no face de um amigo a capa e todas as informações e pensei:o que é isso??será??E eu já de cara achei a capa linda e pensei:Cabeça Dinossauro!Ai deram um link e ouvi todas as musicas.Achei o seguinte:o disco é pesado,rápido,cru.Os Titãs precisavam de um disco assim na altura do campeonato,de fato.Foi de uma rápida compreensão isso,as letras são muito foda,esqueça a propaganda do Itaú.O Pato Fu não faz musicas irônicas,então?Sendo assim,é um(improvabilissimo)candidato a melhores do ano.Quem diria,hein?

O pulso,ainda pulsa!

Image

Titãs – Nheengatu (Som Livre)

Preço em média: R$ 20

Image

 

 

Resenha:Vilma Ribeiro

 

Image

 

 

Essa cantora curitibana que lança seu primeiro disco tem muitas qualidades.Acerca de sua experiência musical,como vocalista de bandas como Namastê e Risoflora,ela escolhe o jazz como propulsor de seu primeiro trabalho solo.E consegue bons resultados,como o pop de “Inquilina”,as baladas “Um Segundo” e “Não Há Nada Mais Lindo”,composta por Leo Fressato(aquele de “Oração”).E até se arrisca no inglês em Bring Me Some Care.Mesmo com o pouco tempo praticado(10 musicas em meia hora),Vilma demonstra muita qualidade e desenvoltura numa produção minuciosa e bem feita.Vocês ainda vão ouvir falar de(mais) uma boa cantora da nova safra curitibana.

Vilma Ribeiro – Vilma Ribeiro (Independente)

Nota:7,8

Preço:R$ 25

A Pedreira Voltou!

Normal
0

21

false
false
false

PT-BR
X-NONE
X-NONE

/* Style Definitions */
table.MsoNormalTable
{mso-style-name:”Tabela normal”;
mso-tstyle-rowband-size:0;
mso-tstyle-colband-size:0;
mso-style-noshow:yes;
mso-style-priority:99;
mso-style-qformat:yes;
mso-style-parent:””;
mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt;
mso-para-margin-top:0cm;
mso-para-margin-right:0cm;
mso-para-margin-bottom:10.0pt;
mso-para-margin-left:0cm;
line-height:115%;
mso-pagination:widow-orphan;
font-size:11.0pt;
font-family:”Calibri”,”sans-serif”;
mso-ascii-font-family:Calibri;
mso-ascii-theme-font:minor-latin;
mso-fareast-font-family:”Times New Roman”;
mso-fareast-theme-font:minor-fareast;
mso-hansi-font-family:Calibri;
mso-hansi-theme-font:minor-latin;}

Image

 

Hola,feliz ano novo!!

 

É tempo de comemorar ainda, sim, a passagem para mais um ano com grandes expectativas, grande visões,grandes coisas a acontecer.E agora com força total.E nessa volta das férias em que o blog se encontra uma noticia DAQUELAS.

O prefeito de Curitiba Gustavo Fruet, por meio de seu Facebook, anunciou a reabertura da Pedreira Paulo Leminski,com todas as condições aceitas pelo juiz do caso, Eduardo Bana, da 4ª Vara de Fazenda Pública, concluiu que o espaço atende todas as condições de segurança exigidas.Sendo assim,a cidade volta a receber shows e outras apresentações no seu lugar mais conhecido.

Este blog se lembra de quantas vezes já foi em sua curta existência de vida, apesar de também já ter perdido a quantidade de shows clássicos.Quem não se lembra da “tribladinha” entre Ramones, Sepultura e Motorhead, quando o festival Monsters of Rock se fez?Relatos do dia mostram chuva por parte do tempo na hora e cacetadas dos policiais que faziam a “segurança”?

Para não ficar em pontos óbvios como ACDC e Paul McCartney(aliás,segundo pesquisa informal feita pelo facebook diz que ambos deveriam fazer o show de reabertura da Pedreira),lembremos de shows como o da banda americana Pixies,que em 2004 balançou as extensões da área.Este escriba quase esteve perto de morrer pisoteado pelas pessoas em volta.Mas certamente foi um dos shows mais marcantes,não somente na Pedreira mas em toda a vida.

Normal
0

21

false
false
false

PT-BR
X-NONE
X-NONE

/* Style Definitions */
table.MsoNormalTable
{mso-style-name:”Tabela normal”;
mso-tstyle-rowband-size:0;
mso-tstyle-colband-size:0;
mso-style-noshow:yes;
mso-style-priority:99;
mso-style-qformat:yes;
mso-style-parent:””;
mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt;
mso-para-margin-top:0cm;
mso-para-margin-right:0cm;
mso-para-margin-bottom:10.0pt;
mso-para-margin-left:0cm;
line-height:115%;
mso-pagination:widow-orphan;
font-size:11.0pt;
font-family:”Calibri”,”sans-serif”;
mso-ascii-font-family:Calibri;
mso-ascii-theme-font:minor-latin;
mso-fareast-font-family:”Times New Roman”;
mso-fareast-theme-font:minor-fareast;
mso-hansi-font-family:Calibri;
mso-hansi-theme-font:minor-latin;}

Por essas e por outras que a volta da Pedreira tem que ser comemorada.Esperamos que seja duradoura e que contribua cada vez mais para o crescimento da cultura na cidade.É isso ai.

(Créditos das fotos:Venâncio Vicente e Busãocuritiba.com.br)

Image